sexta-feira, 22 de junho de 2018

PROBLEMAS PSICOLÓGICOS EM TEATRO


Na passada 4ª feira tive os deuses do meu lado. Alguém partilhou comigo o último espetáculo do dISPAr (grupo de teatro do Instituto Superior de Psicologia Aplicada).
O nome da peça era: "Rituais" (a partid do poema Bluebird, de Charles Bukowski).
Cheguei às 20h45. O início estava marcado para as 21h. Ao entrar nas Catacumbas do Liceu Camões senti logo o fresco. Fez-me lembrar aqueles ambientes mais cinzentos (como se pode reparar na foto acima), ou de hospitais psiquiátricos, ou de campos de concentração. Resumindo, a mensagem era claramente negativa, espectável.
Depois de uma breve apresentação por parte do diretor de atores (Nuno Salema), fomos entrando. Ao fundo à direita, começámos a ver as várias personagens… Cada personagem representava um tipo de perturbação psicológica, ou para sermos mais rigorosos, um tipo de personalidade com vários tipos de perturbação. Desde a baixa auto-estima, à bipolaridade, passando pela rejeição do corpo, pelo isolamento social e pelo sofrimento perante a morte. Pelo meio, encontrámos uma espécie de "curandeira", que nos convida à descoberta e interação com as personagens, dando-nos a entender que também um pouco de nós pode estar ali…
No final, reparei que estava uma senhora na assistência a chorar…

Mais informações AQUI
Enviar um comentário