domingo, 21 de janeiro de 2018

COMENTÁRIO PARA A WOOK SOBRE O LIVRO "101 EXPERIÊNCIAS DE FILOSOFIA QUOTIDIANA"


A Porto Editora convidou-me para escrever uma crítica ao livro "101 Experiências de Filosofia Quotidiana", de Roger Pol-Droit.


"Praticar a filosofia"


Algumas pessoas dizem que a filosofia sempre foi prática. Outros dizem que a prática filosófica é um movimento recente, que se iniciou nos anos 80 do século passado, como Gerd Achenbach, que abriu, pela primeira vez, um consultório de aconselhamento filosófico na cidade de Colónia (Alemanha).
A verdade é que a profissão de filósofo começou a ser relacionada com outras funções para além de professor: consultor, dinamizador de cafés filosóficos, facilitador de filosofia com crianças, formador de workshops sobre temas filosóficos, etc.
Roger-Pol Droit é um dos autores de referência neste movimento da prática filosófica. E por várias razões. Teve um papel muito importante na UNESCO, como consultor. E os seus livros também tiveram diferentes contributos.
Neste livro sobre experiências filosóficas, o autor veio sublinhar a importância da prática, sendo inovador com a sugestão de 101 exercícios filosóficos, que o/a leitor/a poderá fazer no quotidiano da sua vida. É a importância de ir mais além da reflexão e da teoria, ou seja, de concretizar vitalmente uma determinada ideia, senti-la...
Por fim, talvez falte acrescentar algo ao livro: eu sugeria que estas experiências fossem realizadas a 2 ou a 3 e depois houvesse um pequeno (ou grande) diálogo sobre as vivências... Acredito que desta forma se possa viver melhor na gestão dos problemas filosóficos das nossas vidas.


Fonte: Wook
Enviar um comentário