segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

DA FILOSOFIA À NEUROCIÊNCIA


Notícia do Diário de Notícias.

Este Investigador recebeu uma Bolsa Científica do European Research Council (ERC).

Destacamos aqui a seguinte pergunta da Entrevista:

"E porquê a neurociência?
Na universidade estudei psicologia, filosofia e informática. Era muito interessado pelas questões da mente, pela consciência e pela possibilidade de criar mentes artificiais. Depois descobri que os neurocientistas estavam a colocar estas questões que eu julgava estarem no reino da filosofia. Fiquei apaixonado e acabei por fazer o meu doutoramento em Neurociência."

Leia AQUI a Entrevista completa
Enviar um comentário