domingo, 4 de outubro de 2009

DA FILOSOFIA PARA A ENGENHARIA

No Jornal Público de hoje, 4 de Outubro de 2009, encontrámos uma notícia curiosa:

"Discurso articulado, espírito crítico, opiniões fundamentadas. Patric Figueiredo, 18 anos, é o cabeça de lista pelo Bloco de Esquerda à Assembleia de Freguesia de Escapães, no concelho de Santa Maria da Feira." (P2, pág. 9 - por Sara Dias Oliveira)

Ao lermos toda a notícia, verificamos que este jovem tem a ambição de, um dia, vir a ser Presidente de Junta e Deputado.

Já esteve ligado ao Partido Socialista. Estuda na Universidade de Aveiro.

A questão que despertou a atenção do nosso Gabinete vem a seguir:

"(...) Queria seguir Filosofia, mas decidiu jogar pelo seguro. Com o curso de Filosofia, o único caminho seria a docência. (...)"

Chamamos a atenção dos nossos leitores e visitantes para um conjunto de aspectos identificados nesta notícia:

- a ideia de que a Filosofia não tem um futuro profissional diverso;

- a certeza de que este jovem tem um importante interesse pela Filosofia;

Está aberto o debate! Comente abaixo por favor.

FONTE: JORNAL PÚBLICO

2 comentários:

Rolando Almeida disse...

Foi bem apanhada, esta notícia. O jovem teve de fazer as suas opções. realmente os cursos de filosofia no nosso país não acompanham a evolução social dos mercados de trabalho e são demasiado apertados nesse aspecto.

. disse...

Olá Rolando,

Muito obrigado pelo comentário. Pelas nossas contas, foi a sua primeira intervenção no nosso blogue. Certo?
A questão tem sido muito discutida no seu blogue FES, mas porque será que as "Faculdades de Filosofia" não investem na inovação e no desenvolvimento das reais necessidades e interesses dos alunos e das comunidades locais...?
A "opção" tem sido aceitar, passivamente, o encerramento de diversas licenciaturas (Lisboa - Lusófona, Évora, Açores, Lisboa - Católica, Regime Diurno; a UBI teve este ano um número muito reduzido de alunos), assim como o desaparecimento da disciplina de Filosofia no sistema de ensino não-superior...

Cumprimentos,