terça-feira, 16 de junho de 2009

«A Filosofia do ritmo portuguesa» apresentado sexta-feira


O livro «A Filosofia do ritmo portuguesa», de Rodrigo Sobral Cunha, é apresentado sexta-feira no Instituto de Biologia Molecular e Celular (IBMC) numa sessão que conta com a participação de Carvalho Rodrigues (pai do satélite português) e que será moderada por Alexandre Quintanilha.
Rodrigo Sobral Cunha é um filósofo que tem desenvolvido trabalho num modelo do conhecimento, de origem portuguesa, baseado no «ritmo».

A Filosofia do Ritmo, como se lê na sinopse do livro, «apresenta-se como um modelo de conhecimento para o qual o ritmo é a própria energia de existência e bem assim o princípio unificador da Física, da Biologia e da Psicologia».

O livro será debatido pelo ex-director do Programa de Ciências da NATO Fernando Carvalho Rodrigues, um cientista português que já recebeu diversos prémios e condecorações, dos quais se destacam o Pfizer (1977), a comenda da Ordem Militar de Santiago da Espada (1995) e doutor Honoris Causa (1995) pela Universidade da Beira Interior.
Enviar um comentário